?

Log in

Previous 10

Feb. 24th, 2017

My tweets

Read more...Collapse )</lj-c
Tags:

Feb. 23rd, 2017

My tweets

Read more...Collapse )</lj-c
Tags:

Nasa anuncia descoberta de sistema solar com 7 planetas parecidos com a Terra



Nesta quarta-feira (22), a Nasa anunciou ter encontrado o primeiro sistema solar com sete planetas de tamanho similar ao da Terra. A expectativa da agência espacial é que pelo menos um dos planetas tenha temperatura ideal para a presença de oceanos de água em forma líquida, assim como acontece na Terra.

Os planetas orbitam uma estrela anã chamada Trappist-1, que é similar ao Sol. Porém esta estrela possui apenas 1/12 da massa do Sol e, em vez dos 10 mil graus Celsius que o Sol atinge, o Trappist-1 tem apenas 4.150 graus em sua superfície.

trappist-1-1-PIA21421

Segundo o estudo, que foi publicado na revista Nature, os cientistas acreditam que encontrarão vida nesses planetas. “Não é mais uma questão de ‘se’, mas uma questão de ‘quando’”, disse Thomas Zurbuchen, administrador da Direção de Missão Científica na sede da Nasa, em conferência.

Por ser mais frio do que o nosso Sol, a estrela também emite menos luz o que resultaria em uma superfície mais sombria. A claridade durante o dia, por lá, pode ter apenas um centésimo da claridade vista na Terra durante o dia.

O Telescópio James Webb, que será lançado ao espaço em 2018, terá papel fundamental para mais descobertas. Ele será equipado com luz infravermelha, ideal para analisar o tipo de luz e a cor emitidas da estrela Trappist-1. Essa cor pode variar de um vermelho profundo a tons mais puxados para o alaranjado.

* Ilustrações: NASA / JPL-Caltech

Feb. 22nd, 2017

My tweets

Read more...Collapse )</lj-
Tags:

Projeto usa luzes de Natal que seriam descartadas para iluminar ruas escuras e perigosas das cidades


O natal já passou, mas isso não quer dizer que o melhor do espírito natalino tenha também de ficar pra trás. Se durante o período de festas as luzes natalinas são utilizadas para significar a alegria da data, passado o 25 de dezembro essas mesmas luzes podem manter aceso o espírito, com uma nobre e nova utilidade: iluminar as ruas escuras e perigosas da cidade.

LuzRua4

Esse é o propósito do projeto Luz da Rua: reaproveitar as luzes de natal, que passariam todo o ano por vir guardadas no fundo de um armário, para trazer luz – e com isso segurança – para ruas mal iluminadas das cidades.

LuzRua5

Pelo site do projeto, através de um e-mail, é possível sugerir lugares que necessitam da luz do espírito natalino para se tornarem ruas melhor iluminadas e, assim, mais seguras e bonitas.

LuzRua3

O vídeo abaixo foi gravado em Curitiba, onde o projeto já iluminou uma rua. Outras ruas, em Guarulhos e São Paulo, já receberem as luzinhas de natal. Em breve o projeto atuará em uma rua de Brasília.

A ideia evidentemente pode ser posta em prática em qualquer cidade – e compartilhando o vídeo, com a hashtag #LuzDaRua você ajuda a divulgar a iniciativa. A participação das pessoas é fundamental não só para saber que lugar merece ser iluminado, como para trazer luminosidade para o próprio projeto.

Antes...

Antes…

...e depois

…e depois

Manter o espírito natalino ao longo de todo o ano, através desse projeto, é literalmente um gesto iluminado.

© fotos: reprodução

Feb. 21st, 2017

My tweets

Read more...Collapse )</lj-
Tags:

Feb. 20th, 2017

My tweets

Read more...Collapse )</lj-c
Tags:

‘Dia sem mulher’: a greve internacional feminina que promete abalar o mundo dia 8 de março



Se o mundo considera que não é grave que tanto o trabalho quanto a própria vida das mulheres valha menos, então elas mostrarão como é um só dia sequer para se produzir, trabalhar e viver sem elas. Essa é a ideia que move a grande paralisação proposta para o próximo 8 de março, dia internacional da mulher: um dia “sem mulher”, uma greve geral mundial de mulheres.

dsm3

Proposta por dezenas movimentos feministas em países como Austrália, Bolívia, Chile, Brasil, Equador, Irlanda, Israel, México, Suécia, Nicarágua, EUA, Itália, Alemanha, França, Inglaterra, Polônia, Escócia, Turquia, El Salvador e Coréia do Sul – entre muitos outros – a greve das mulheres servirá como protesto contra o feminicídio, o machismo, a desigualdade, toda violência contra a mulher, a exploração das mulheres no trabalho e na economia, e a desumanização feminina. O objetivo final é que todos os tipos de ambientes de trabalho fiquem sem a presença do sexo feminino.

dsm7

Manifestações em Washington, no dia eguinte à posse de Trump Manifestações de mulheres em Washington, no dia seguinte à posse de Trump

O protesto é diretamente inspirado pelo Dia Livre das Mulheres, realizado na Islândia em 1975 – em que quase que a totalidade das mulheres do país deixaram seus postos de trabalho em 24 de outubro para ocuparem as ruas como forma de manifestação na luta por igualdade de salários e direitos entre gêneros no país. No ano seguinte, uma lei garantindo igualdade entre os gêneros deu início a um processo de transformação na Islândia.

O dia em que as mulheres islandesas pararam o país O dia em que as mulheres islandesas pararam o país

O 8 de março próximo é também alimentado pela força que as mulheres demonstraram na manifestação gigantesca que realizaram em Washington DC, nos EUA, no dia seguinte da posse de Donald Trump, e a adesão em manifesto de intelectuais feministas americanas como Angela Davis comprovam essa tendência.

No Brasil, Mulheres Contra Cunha No Brasil, Mulheres Contra Cunha

Assim, a paralização é também um levante contra o levante conservador que vem se dando no ocidente, a fim de colocar mulheres corajosas na vanguarda da luta feminina e contra as agenda que visam diminuir direitos e segregar minorias. Mostrar a própria força e importância simplesmente expondo o vácuo de suas ausências é o mais um de muitos passos que as mulheres já deram e ainda darão para fazer um mundo mais igual em um futuro melhor – e mais feminino e livre.

dsm6

dsm4

dsm1

© fotos: divulgação

Feb. 19th, 2017

My tweets

Read more...Collapse )</lj-c
Tags:

Você pode ganhar esta incrível fazenda orgânica com uma redação de 200 palavras



Se seu sonho de vida é possuir e administrar uma fazenda orgânica, mas sua conta bancária não ajuda, você pode estar sorte. Norma Burns, dona da fazenda Bluebird Hill, na Carolina do Norte, Estados Unidos, está à procura do casal perfeito para assumir sua propriedade. Para se candidatar é preciso investir 300 dólares e fazer uma redação de no máximo 200 palavras.

unnamed

A fazenda está localizada na pequena cidade de Chatham Count, possui 12,88 acres com certificado orgânico e vale cerca de 450 mil dólares. No entanto, ao invés de coloca-la à venda, Norma quer certificar-se de que o local vai para as mãos de pessoas certas. Foi assim que teve a ideia de achar essas pessoas através de um concurso.

O tema é “Por que queremos possuir e gerenciar a fazenda Bluebird Hill” e o prazo é vai até o dia 1 de junho. Ela tem administrado a fazenda há 18 anos, mas agora está se mudando com a esperança de levar um estilo de vida mais urbano.

bluebird_farm2-768x573

Para mim, não há nada melhor na vida do que a produção alimentos orgânicos“, afirmou ao site do jornal Charlotte Observer.

Estou procurando um casal que tenha experiência e formação em agricultura biológica e esteja disposto a se dedicar aos longos dias e trabalho duro que a agricultura exige. A única coisa que essas pessoas ainda não tenham seja uma fazenda real. Quero fazer com que esses novos agricultores possam começar”, declarou.

Junto com a terra da fazenda, o vencedor também ganhará a casa da propriedade que possui dois quartos, além de uma estufa, uma loja, um galinheiro, um destilador e o gato da fazenda, Barney.

Existem outros requisitos de legibilidade que podem ser encontrados aqui, juntamente com mais detalhes sobre a taxa de inscrição e como se candidatar. O concurso não será julgado por Norma, mas sim por um grupo de pessoas, incluindo um conservacionista, um profissional agrícola e um advogado.

bluebird_farm3-768x516

Quando meu falecido marido (professor da Carolina do Norte, Bob Burns) e eu compramos a fazenda, era uma propriedade abandonada”, ela disse, “um celeiro sem porta, uma casa abandonada e jardins abandonados. Depois de quase 18 anos de trabalho, amor e cuidado, a fazenda tornou-se o que nós imaginávamos que ela seria. Significaria muito para mim ver esta propriedade aos cuidados de alguém comprometido com a sua melhoria contínua”, contou.

* Todas as imagens: Divulgação

Previous 10